3 dicas importantes para começar a revender produtos

0

Para quem procura uma fonte de renda extra, a revenda de produtos é considerada a melhor opção. Isso porque você tem a garantia do recebimento, o respaldo de uma marca de confiança para  atrair novos clientes e a certeza de associar o seu nome a bons produtos, o que ajuda na fidelização dos consumidores e até mesmo que eles indiquem a você novos compradores.

Contudo, justamente por ser uma alternativa lucrativa e bem vista para obter dinheiro extra, é preciso estar atento a algumas questões e, dessa forma, se destacar diante dos demais. Por isso, selecionamos três  dicas importantes para você que pretende começar a revender produtos. Confira:

1 – Pesquise sobre a marca que pretende revender produtos e os benefícios providos ao consultor

O primeiro passo importante para começar a revender produtos é a escolha da marca que você representará. Por isso, é importante fazer uma pesquisa aprofundada antes de tomar a sua decisão. Isso diz respeito a verificar a abrangência, tempo de mercado, quantidade de consultores que a representa, qualidade e quantidade de produtos que você poderá revender, bem como o que alguns consumidores e outros revendedores dizem sobre ela.

Feito isso, é preciso avaliar se esta é uma boa proposta para você! Ou seja, o que esta empresa oferece a você para representar os seus produtos e marca? Nesse contexto é importante verificar não apenas o percentual pago pelas vendas efetivadas, mas o que mais ela agrega a você. Ou seja: há treinamentos, congressos e outros eventos para aprimorar o seu conhecimento e te ajudar a vender mais? A empresa tem uma política de premiar os consultores que se destacam batendo metas? Tem possibilidade de crescimento apresentando um plano de carreira para quem gera bons resultados? Tudo isso ajudará você a decidir pela melhor opção!

2 – Analise a sua rede de relacionamentos antes de escolher a marca que representará

Todo empresa e produto tem um perfil de público que visa atender. Por isso, antes de escolher a marca que representará, é importante que você avalie quem são as pessoas que estão ao seu redor: amigos, parentes, colegas de trabalho, de cursos, dentre outros que fazem parte do seu relacionamento. Isso porque, na maioria dos casos, os primeiros produtos que você revenderá serão para estas pessoas mais próximas, até que consiga ampliar a sua rede por indicações ou outras ações.

Nesse caso, não adiantará optar por revender produtos infantis se em sua rede de contatos não há pais para comprar produtos para os seus filhos, por exemplo.

3 – Muna-se de materiais de divulgação

Você começará a revender produtos, conhecerá novas pessoas, receberá indicações e terá recusas num primeiro momento. Isso é normal! Contudo, o importante é que esta pessoas se lembrem de você quando forem comprar algo que revende. Por isso, é importante que você esteja munido de materiais de divulgação, como cartões de visita, panfletos e o que mais for necessário para fazer com que estas pessoas o encontre quando surgir o interesse ou necessidade.

E você, já estava atento a estas questões para começar a revender produtos? Possui alguma dúvida que não foi abordada no post e gostaria de esclarecê-la para ter certeza de suas decisões? Aproveite o espaço para comentários abaixo e compartilhe-as conosco! Elas podem se tornar tema de nosso próximo post aqui no blog!

Comentários no Facebook